Quando Antoinette disse ao seu namorado que ela estava grávida, ele simplesmente bateu a porta na sua cara. De repente eles já não tinham mais nenhum contato. O tio de Antoinette, em cuja casa ela estava morando, simplesmente a expulsou de lá quando soube da sua gravidez. A garota de 16 anos se encontrava completamente sozinha. Mesmo tendo todos ingredientes para um final trágico, a história acabou bem. Um vizinho lhe informou sobre um centro para mulheres grávidas e mães solteiras, administrado pela Igreja Católica em Dedougou. Ali Antoinette ficou edeu à luz a sua bebê numa atmosfera de apoio e amor.

Terça, 04 Outubro 2016 13:50

Índia: enraizando nos corações a misericórdia de Deus

Escrito por

O Bispo Salvadore Lobo de Baruipur tem grande dedicação aos pobres e deficientes. Quando ainda era seminarista, encontrou-se com Madre Teresa e, naquele momento, decidiu ajudar, como voluntário, no Lar para Moribundos de Kaligat, missão da madre em Calcutá, dando banho e cuidando dos doentes. Foi uma experiência que guarda para toda a sua vida.

Terça, 04 Outubro 2016 13:47

El Salvador: serviço que toca o coração

Escrito por

A misericórdia é um trabalho duro. As Servas da Divina Misericórdia, da Paróquia de São Miguel em Osicala, São Salvador, confirmam isso diariamente.

Sexta, 23 Setembro 2016 11:51

Rússia: ajuda na formação de 183 seminaristas

Escrito por

A cidade de Stavropol foi originalmente fundada no ano de 1777 como uma das 10 fortalezas projetadas para defender a fronteira sul do Império Russo. Naquela época era muito comum na Rússia nomear com nomes gregos as cidades recém-fundadas. O nome da cidade "Stavropol" significa "Cidade da Cruz".

Terça, 20 Setembro 2016 11:49

Reforma do Monastério: sinal de que a caridade continuará

Escrito por

Os Irmãos de Santo Alberto em Zaporizhya, Ucrânia, estão muito felizes com a reforma de sua casa. Graças à generosidade dos benfeitores da ACN, pudemos apoiá-los para renovar o sistema de aquecimento, instalar isolamento térmico, acabar com a infiltração nas paredes e vários outros reparos emergenciais. "Agradecemos profundamente a vocês", escreve o irmão Wieslaw. "Graças a sua ajuda nós conseguimos realizar tudo isso e o fim da reforma já está perto."