IV ESTAÇÃO JESUS ENCONTRA A SUA MÃE

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO


Em sua subida ao Gólgota pelo caminho do Calvário, Jesus se encontra com sua mãe. Quem pode imaginar a dor desta mãe que testemunha impotente a morte do seu Filho na cruz? Quem pode imaginar a dor de Jesus ao ver sua amada mãe chorar sem ser capaz de confortá-la ... Esta é a situação diária na República Democrática do Congo: na parte oriental do país, em Rutshuru, Masisi, Beni e muitos outros lugares, existem milhares de mães inconsoláveis; milhares de mães que testemunham como seus filhos são tão brutalmente assassinados, feridos e desmembrados. Quem pode imaginar a dor e o sofrimento das crianças que testemunham o estupro de suas próprias mães! Estas crianças, que vêem suas mães terem suas entranhas abertas e seus pais abatidos e desmembrados antes que o mesmo seja feito com eles. A dor é insuportável e cada dia é um Calvário. Não há como contar o número de mães aflitas na República Democrática do Congo! Quão numerosos são os filhos arrancados do amor dos pais! Quem os pode confortar? ORAÇÃO: Senhor, no caminho da cruz, uma espada de dor perfurou o coração de sua amada mãe quando ela o viu tão desfigurado. Milhares de mães na República Democrática do Congo sofrem terrivelmente por ver seus filhos assassinados ou forçados a se tornarem membros de grupos armados ilegais. Senhor, toque os corações daqueles que matam, que infligem a violência e que destrói nas pessoas inocentes a vontade de viver. Ajude que eles se convertam. Ajude-nos a nos comunicar com as mães sofredoras e que nos unamos todos juntos com o sofrimento de Nosso Senhor Jesus Cristo. Nós desejamos compartilhar o sofrimento de todas aquelas mães dolorosas e aflitas e deixe que nós todos possamos compartilhar o sofrimento de Seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo, agora e para sempre. Amém. Pai nosso… Ave Maria… Glória…

Padre Jérôme Paluku