XIV ESTAÇÃO JESUS É SEPULTADO

GANA


Pensemos como o Filho de Deus aceitou vir e pagar pelos pecados dos homens, e como, sem resistência, sofreu o terrível tratamento que os homens deram a Ele, até à morte na cruz. Ele só queria o nosso bem. Ele não olhou para si mesmo, e esta é a razão por que, após sua morte, seu corpo foi retirado da cruz e colocado em um túmulo que não estava destinado para ele, mas para outra pessoa. Ele recebeu um tratamento melhor do que o dos dois ladrões que foram crucificados com Ele pelos soldados romanos e, em seguida, foram expostos e abandonado ali mesmo. Embora eles devessem ter familiares e amigos, estes não cuidaram dos seus corpos, pois eles haviam atraído uma grande vergonha para suas famílias e para si mesmos. No caso de Jesus, Ele teve a sorte de receber uma atenção incomum por parte de José de Arimateia. Em nosso mundo de hoje, o enterro dos mortos é uma tradição sagrada, não importando se o falecido foi uma pessoa boa ou má. É importante que possamos garantir um lugar de descanso para aqueles que morreram em nossas casas e comunidades. A verdadeira razão para a morte de Jesus foi para nos salvar da vergonha e da escravidão do pecado em que a humanidade hoje está atolada. ORAÇÃO: Senhor Jesus Cristo, a sua morte não foi uma farsa, você realmente morreu. Então você sofreu o pior castigo pelos meus pecados e pelos pecados do mundo. Ajuda-me a fazer com que o meu egoísmo, a cobiça, os desejos desordenados, a raiva, o orgulho, a obstinação e a inveja morram em mim, e também para dar um enterro decente para nossos irmãos e irmãs mortos a fim de que ressuscitem convosco na glória. Pai nosso… Ave Maria… Glória…

Rosemary Minimadey, Catequista